Menu

Faze o que tu queres serÁ o todo da Lei.

LIBER C VEL AGAPE

 

AZOTH SAL PHILOSOPHORUM

 

 

O Livro da Revelação do Santo Graal
Onde se fala do Vinho do Sabbath dos Adeptos.
Secreta instrução do IXº Ordo Templi Orientis.

O Sol é o Vinho e a Lua é a Taça,
Derrame o Sol na Lua.
Hafiz
 

 

 

PRECE PRELIMINAR

Da Tua mão, Ó Senhor, vem todo o Bem; de Ti jorra toda a graça e bênção. Os Sinais da Natureza com Teus dedos tu traçastes, mas ninguém pode lê-los, a menos que tenha aprendido em Tua escola. Portanto, como os criados olham para as mãos de seus mestres, e as criadas para as mãos de suas senhoras, assim fazem nossos olhos até Ti, porque Tu sozinho és nosso auxílio. Ó Senhor nosso Deus, quem não deve Te louvar? Quem não deve Te enaltecer, Ó Senhor do Universo? Tudo vem de Ti, tudo é Teu; em Ti tudo deve entrar novamente! Tu és o Senhor sozinho e não há ninguém além de Ti! Quem não Te louvará então, Ó Senhor do Universo, igual a Quem não existe ninguém; cuja moradia é o céu externo, cujo templo é o coração interno? Ó Deus, o Vasto e o Diminuto, Tu estás em todas as coisas e todas as coisas estão em Ti! Ó Natureza! Tu, Eu de Nada! Pois de que mais posso Te Chamar? Em mim não sou nada exceto meu Ser; em Ti sou o Ser de Nada. Vive Tu em mim e traze-me para esse eu que está em Ti!

UMA EXORTAÇÃO DO O.H.O. A BAPHOMET

Merlin [Reuss] pela graça do Deus que é três em um, e pelo consentimento do Mestre do Oculto, conferem o Serviço à Humanidade e entre vós como Chefe Externo da Ordem, exaltado O.H.O, a Baphomet [Crowley] Summus Sanctissimus Xº O.T.O. da Irlanda, Iona e Bretão no Santuário da Gnosis, Grão-Mestre dos Cavaleiros do Espírito Santo, o mais alto comandante e Poderoso Soberano da Ordem Sagrada do Templo, etc., Saudações e Paz em todos os nomes santos e misteriosos do mais verdadeiro e sempiterno Deus, e em Palavra e em Espírito Santo. Ouve tu, ó mais-que-santo, Irmão-Mor e mais iluminado, minha palavra, e acata meu conselho e meu sermão. Encerra minha palavra em teu coração e sela teus lábios! Revela isto somente a quem o merecer: e manifesta-o apenas àqueles que crêem. Há algum dentre vós mui distintos Senhores Cavaleiros [Sir] que são soberanos grão-generalinspetores e que minha palavra compreenda? Há alguém em Konistorium [Conselho da Ordem] que compreenda a O.T.O. verdadeiramente? Procurai e vede: revelai a mais íntima vontade de cada cavaleiro e ungí-a com um juramento. Testai-a ademais ao extremo e conduzi-a à derradeira prova. Iniciai-a então secretamente no mais alto mistério: deixa-o então participar do último dos Mistérios. Pois somente neste Arcano e neste apenas jaz a Divindade, sim, aquele que o possuir já não será um homem, mas DEUS.

Ex conventu
Ettae
die Mariae
Sacrificatae An VIII [1912]

SAUDAÇÃO DE BAPHOMET

Baphomet, sob a Graça do Deus Uno e Tripartido e sob o beneplácito e a nomeação da O.H.O. e do Mestre Secreto: Rex Summus Sanctissimus Xº O.T.O. da Irlanda, Iona e o Bretão no Santuário da Gnosis, Grão-Mestre dos Cavaleiros do Espírito Santo, Lugar-Tenente Comandante [Komtur] da Sagrada Ordem do Templo, aos mui distintos senhores Cavaleiros [no âmbito de] um Grande Soberano e Inspetor-Geral do Antigo e Presumido Rito de 95º do Real Ritual de Memphis inteiramente iniciado nosso Augusto IXº, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, um Deus, IAO, eterno, indivisível, Todo-Poderoso, Onisciente e Onipresente. Graças a Deus e à graça de Nosso Senhor Jesus Cristo e a presença do Espírito Sagrado esteja convosco, hoje e até o final dos dias. Amém. Aqui se segue agora o secretíssimo dos Secretos, a chave de toda Magia, sob a amorosa bondade do O.H.O. me é revelado sob vossa Instrução e Proveito.
LEGE - JUDICA - TACE

DA NATUREZA DO ARCANO

'“Sou o A e o O, o Princípio e o Fim. Eu, a quem
tem sede darei de graça da fonte
da Água da Vida. Vencedor tudo isto herdará
e eu lhe serei Deus e ele me será filho”
Apocalipse, 21:6-7


“Ex henos ta hanta genesthai, kei eis t’auton analuesthai.”
Plato, Phaedr.


Achega-te a mim, para que eu te possa descortinar a mais imensa das maravilhas. Sabei, nosso início é em Deus, e nosso fim é em Deus: isto constitui-se assim na Grande Obra, para a conquista da Divindade.


Compadecido e com afetuoso amor descortinou ele os campos da antigüidade para o caminho da [para tanto necessária] prontidão contida. Os gnósticos e os maniqueístas têm-no preservado [o caminho da prontidão] em todas as suas arqui-secretas congregações, tal como o aprenderam dos grandes magos egípcios: tampouco aos crísticos era estranho este mistério, nem aos adoradores de MITHRAS. O mistério jaz oculto na Fábula de Samsão; e nosso Senhor Jesus Cristo proferiu-o pela boca dos Amados Discípulos.

Este foi o mais oculto dos mistérios dos Senhores Templários e os irmãos Rosa-Cruzes o conservaram em seu Colégio do Espírito Santo. Diretamente deles e de seus seguidores os Irmãos Herméticos da Luz. Nós o recebemos e agora o transmitimos.

Sabei que o mistério consiste num determinado Rito, numa Alta Missa que se faz celebrar no Templo do Sagrado Espírito. Não sois vós então Reis e Sacerdotes de Deus, Mui Elevados Senhores Cavaleiros e meus amados e iluminados irmãos [IXº - XIº]?

Este é o verdadeiro sacramento [do Esperma e do Glúten] através do qual vós ides tomar parte no corpo e no sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo - não em sua morte mas em sua Ressurreição. Através disto vos tornais crianças da Luz, Veículos do Espírito Santo, totalmente puros, cavaleiros do Santo-Gral, Majestosos Cavaleiros da Ordem Sumamente Sagrada dos Kadosch. Através disto obtende vós GNOSIS; através disto tornai-vos Membros do Santuário [da O.T.O.].

Abençoados aqueles que recebem esta oferenda e assim adquirem direito à Árvore da Vida, podendo penetrar na cidade pelo portal adentro.

Pois cães e magos e prostitutas e assassinos e idólatras estão sem [este sacramento] e também todos aqueles que amam a mentira.

E o Espírito e a Noiva dizem: Vinde! E deixai que aquele que ouve diga: Vinde! E deixai que o sedento diga: Vinde! E quem ainda quiser, deve graciosamente tomar da Água da Vida .

UMA REPREENSÃO

Senhores Cavaleiros, Irmãos e Companheiros, lembrai-vos dos Votos de sua Obediência. Como é então que estais sempre divertindo-se com mulher ou lutando com nobres? Pelos Oito Pilares que apoiam esta casa sagrada, não está bem, Senhores Cavaleiros! Agora sabeis verdadeiramente que nossa Lei é Alegria, que pela Virtude não negamos a masculinidade, mas nesta vos desviais, porque em vosso divertimento não olhais para além da Obra Poderosa do Voto. Não é esta a essência da Prova? A Substância do Ordálio? Se, portanto, provocais ou pelejais (como São Paulo, o bom Cavaleiro, disse em sua Epístola) fazei tudo para a glória de Deus. Mesmo no momento em que o Conselho do Demônio chegou a seu máximo, aja o homem, aspire ferventemente à Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, considerando sua crucificação entre dois ladrões (não está a lança que O perfurou a meu cargo?) e deixando o Espírito para o Pai, ou por ação, ou por paixão. Não dizemos ‘Non no bis domine, non nobis!'? E novamente 'Acendat in nobis Dominus ignem sui amoris et flammam aeternae caritatis'. Isto quer dizer Tua pureza, não a minha; e esta é a Descida e Revelação do Espírito Santo. Mas antes, verdadeiramente, Deus est Homo, Deus est in Homine, Homo est Deus quem creavit Elohim. Homem e Mulher são aqueles, portanto, igualmente a estes. Assim nisto fazei bem e nisto, mal; porque reprimis o desejo, sufocais e expirais justamente no momento em que, de outro modo, o Limiar deve ser ultrapassado e o Santuário, revelado. Vede, o Espírito do Senhor está sobre mim, e eu profecio. A menos que vos arrependais, então o Senhor irá desenraizar vossa Ordem de seu lugar. Eu, o Senhor, rirei de vossa calamidade; escarnecerei quando vosso temor chegar. Sereis a escória dos homens maus e vossa repreensão estará nas bocas das mulheres. Pelo grande nome de Baphomet, eu vos exorto a que se voltem rapidamente ao Senhor; se for assim, que a misericórdia do Leão e da Serpente possa estar sobre vós, em nome de MEITHRAS ABRAXAS IAO SABAO. Ide então, Senhores Cavaleiros, regozijai-vos na mulher e no nobre, mas não deixeis vosso Entendimento ser obscurecido ou vossa sabedoria ser destituída de seu efeito. Na Beleza vede a Coroa Inefável e além da Coroa a Graça que espera pelo que é fiel a seu voto e é casto na cilada da Vida como no campo estabelecido para sua Provação. E as bênçãos de Deus estejam sobre vós em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Amem.

TRATADO DA GRANDE COISA ESCONDIDA NO PALÁCIO DO REI

Seja agora entendida outra preocupação, a do intercâmbio dos opostos; não obstante ser o Homem ativo e a Mulher passiva, ainda assim o Homem é Paz e a Mulher, Poder. E isto é chamado o Paradoxo Hermético; e aquele que tem ouvidos para ouvir, que ouça. Existe assim um ato mágico que leva à vida, outro que leva à morte. E o primeiro termina (sic) e o segundo volta a si mesmo. Ainda assim, o último é perfeito, um verdadeiro rito do Altíssimo, exaltado demais para os vulgares, mesmo nossos sagrados e iluminados irmãos. E, em sua profanação, ele veio do demônio e é manifestado em toda sujeira, não obstante estar escrito que Demon est Deus Inversus. Contudo ele é limitado e incapaz de prosseguir da vida para a vida, o mais alto de todos os meios de Graça, porque como o vinho é para a água, assim ele é para os outros em sua exaltação da mente do homem; e quem quer que o domine, certamente é descoberto digno de governar. Este era o segredo da força de nosso Grande Mestre Caius Julius Caesar, o de nosso irmão Richard Wagner, que foi Grande Organista na Bavária, e de tantos outros, cuja fama é eterna fora de nossa Ordem como dentro, que eles são como as Estrelas do céu para multidão e glória. A isto aspirai acima de todas as coisas; pela Verdadeira Luz contida ali, ainda mais intensamente do que na Ordem. Porque aquele que transpõe os turbilhões da matéria é maior que o que neles trabalha. Angustiai-vos assim, angustiai-vos excessivamente com ele se, perdendo as forças, for varrido para o abismo! Acordai, meus Senhores, sede vigilantes, sede duros, sede austeros, ficai em guarda: porque aqueles que procuram devorar-vos estão no portal! Mas de tudo isto, aqui não está escrito: este é o Livro do Caminho que leva à Vida.

DOS ALQUIMISTAS

Nossos iluminados irmãos, os Alquimistas, sendo sábios com a sabedoria de Deus e espertos com a esperteza dos homens, se aplicavam mais especialmente à magia física, à descoberta da Medicina dos Metais e da Pedra Filosofal, das Tinturas Branca e Vermelha e do Elixir da Vida. Porque (dizem eles) com a riqueza vem o lazer; e com a saúde, a energia; e com a vida longa, uma extensão do tempo; tudo isto iremos devotar à execução da Grande Obra. Estes segredos eles na verdade possuíam, e a tradição passada através dos séculos não foi perdida.

Ó altamente favorecido por Deus!
Ó escolhido dentre os homens!
Ó tu, sobre quem a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo caiu!

É a ti que revelamos o segredo inefável e que não é para ser adivinhado. A ti confiamos o Arcanum Arcanorum, o Tesouro Oculto do Sábio. Fora dele tudo é frio, inércia, morte; dentro é Fogo, Energia, Gênio, Criação. Esta é a Chave para todas as portas do Reino do Céu; este é o Cetro dos Reinos que Existem! A posse e reto uso deste segredo dá uma centena de poderes; sim, verdadeiramente, cinco pontos é a numeração da recompensa dada aqui. Porque este Mistério é de Jove ele mesmo, cuja letra é PK; e estas são as iniciais de nosso atanor e nossa cucúrbita, seus nomes na linguagem dos gregos. Ainda de todos estes poderes eu somente nomeio sete, as glórias de Eulis; as estrelas sobre as testas dos Irmãos da Luz Hermética. Lua: E destes o primeiro é a construção de alguém que não nasceu; verdadeiramente, um filho do milagre ele deverá ser. Venus: E o segundo é a harmonia e a maestria de alguém contemporâneo e cooperador contigo desde a eternidade, teu gêmeo, teu companheiro. Marte: Pelo terceiro vem juventude e beleza e energia; nunca sejas tão velho. Mercúrio: O quinto é a consecução do Supremo, a Magia da Luz. Júpiter: O sexto te guarda e te ajuda no mundo onde quer que tu trabalhes. Para alta dignidade e honra ele deve conduzir-te, e de tuas mãos jorrarão rios de bênçãos: sim verdadeiramente e Amém. Sol: E pelo sétimo tu tens toda a Luz e sabeis a Causa de tudo, entendendo igualmente a alma terrena e espiritual do Homem. Esta possessão não vale mais que todas as impurezas da terra? Não é esta uma pérola mais rica que todos os tesouros dos mares? Não é esta uma meta para cujo alcance deverias jogar fora todos os enfeites? Um prêmio a ganhar para o qual nenhum treinamento é tedioso demais, nenhuma tarefa árdua demais, nenhum sacrifício grande demais? Tu aspirastes e atingistes! É esta, é esta, não menos, com a qual nesta hora eu te corôo aqui, no Santuário da Gnose, Ilustre, Iluminado e agora Três Vezes Sagrado Irmão.

DA NATUREZA

Aprende primeiramente o que concerne à natureza. O fundamento da vida mineral é matéria [Hyle] e é escuridão. O fundamento da vida das plantas á a clorofila e é verde. O fundamento da vida animal é o sangue e é vermelho. O fundamento da vida divina é Luz, cujo mais suave brilho vai além do violeta. Portanto ninguém [na O.T.O.] tem permissão de usar seja o que for de violeta exceção feita aos OHO e seus substitutos diretos Mais Sabios Soberanos Grande Mestre Geral, o Mais Potente Soberano Grande Comandante da Grande Loja e Soberano Geral Comandante o mais elevado e santo Regente Xº de cada país.

DO NOME DE DEUS

Eu vos conjuro, Altos Senhores Cavaleiros e Plenamente Iluminados Irmãos [IXº] compreendai que este Mistério depende de um mais alto do início ao fim . Ele não está representado de maneira que nosso entendimento possa compreendê-lo: e ainda que nossos corações dissolvam-se em Amor, nós não o alcançamos, pois ele, assim como o Sol é a alma, que por sua vez o reflete, ainda assim não o contém. Agora é Ele o Pai, que gera a Palavra, que transforma, e o Espírito, que recebe: assim é também o Espírito que do pai emana, a Essência, que une o Pai ao Filho: e este Mistério está oculto em muitos nomes secretos, que agora lhes serão descortinados, vós Mui Elevados Senhores. Cavaleiros e Totalmente Iluminados Irmãos de nossa Antiga Ordem. Aprendei portanto esta nossa terceira divisa de nosso Mais Alto Conselho, a significação mística. DEUS EST HOMO, i.é., Deus é Homem. O que significa também: ASSIM ACIMA COMO ABAIXO: ASSIM FORA COMO DENTRO. Não existe parte alguma do homem que não seja de DEUS: e não existe parte alguma de DEUS que não tenha sua correspondência na Humanidade. E aprendei isto: nunca alcançarás Deus: pois tudo o que compreendes é tua própria criação como d’Ele Próprio. Tu O conheces, pois és Ele. Portanto há três no Céu, que disso prestam testemunho: o Pai, a Palavra e o Espírito: e estes Três são Um. E há deles Três na Terra, que disto dão testemunho: o Espírito, a Água e o Sangue: e esses Três são Um. Neste três-em-um IAO o Pai é o I, o Espírito o A e O a Palavra: e aí A é o Espírito, M a água e Sh o Sangue: tudo isso perfaz 358: MS-hlCh, o Messias, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que por Sua morte liberou o Espirito, a Água e o Sangue - como testemunhou o Santo João em seu Evangelho. Deste modo Jesus Cristo é o Alpha e o Omega, o Símbolo da União de Deus com a Humanidade. E aqui reside a segunda tríplice-unidade: DEUS, DEUS-Humanidade, Humanidade. E a este DEUS-Humanidade nossos antigos irmãos deram muitos nomes. E mesmo tendo o Cristianismo profanado completamente o nome de Jesus Cristo, foi Ele preservado por nossos verdadeiros irmãos Rosa-Cruzes: e o que d’Ele se diz nos Evangelhos, nas Epístolas e no Apocalipse é verdadeiro, desde que interpretado à luz do Discípulo da Pedra [o sábio]. Portanto nossa salvação reside no DEUS-Humanidade: n’Ele somos ambos, DEUS e homens. O Testemunho disto foi traído e a quantidade dada maculada - assim como está escrito: “Não atireis vossas pérolas aos porcos, para que a vós não retornem, destruindo-vos!" Por esta falha na guarda dos Mistérios foram os Adeptos perseguidos por 2000 anos. Atentai, Reverendíssimos Senhores Cavaleiros, que por vosso erro a verdade não se perca. Não confieis em estranhos: procurem por um herdeiro [do Mistério].

De Arcano Fratum Amussis

Dele é Nosso Senhor o Pai-Filho, Criador, Mantenedor e Destruidor, Um, Altíssimo, Plenipotente, Dispensador da Vida e da Morte, Imperador e Vice-Rei dos Céus: e na Terra temos Seu Representante, a Imagem Sagrada [Eidolon] na área aliada, da qual somente falamos de maneira encoberta, pois Ele está acima de tudo, do que é e do que há de existir, sagrado e oculto, o Archote no qual Prometeu nos trouxe o fogo celestial. E tanto a Imagem quanto o Filho do Pai Supremo suportam morte e ressurreição: e os símbolos se correspondem: e as festas tanto de uma quanto da outra têm sido comemoradas através dos tempos pelos que crêem. E a massa néscia acabou por confundir ambos esses rituais na qual os ritos e processos de um e de outro se confundem; e assim passou a imperar a incompreensão e a ignorância. Portanto, tem-se festejado na Páscoa a crucificação e a cópula e, nove meses depois o nascimento da criança, que viveu 33 anos, o que significa uma geração humana inteira, tendo sido então crucificado. Isto se dá simultaneamente com o declínio do Sol pelo Equador e seu ressurgimento, e se renova com a batalha diária de morte que o Sol perfaz. E agora podem nossos Irmãos possuidores da verdadeira chave de todas as religiões [compreender que] todos os cultos representam quer os mistérios do Lingam e da Yoni, ou os do Sol, Lua e Terra, que em si mesmos encerram todos os ritos, criando novas crenças e novas festas, regendo o mundo de direito e por direito sob a égide do Altissimo e Sacríssimo Rei Xº, que se constitue em seu Pai e Deus. Este é portanto o mistério dos velhos hierofantes, ou seja, o de que os homens podem unificar neste culto o Sol no Céu e o Falo sobre a terra, pois tais Mistérios iluminam e são verdadeiros, e não há quem o possa negar. Ou seja, o que está escrito: "Paz na Terra e Alegria aos Homens"! E este é o mistério final e verdadeiro da maçonaria: não é este Sol o Construtor Todo Poderoso de todos os mundos, o Pai do Universo, a Representação do Macrocosmos? E não é este Falo o Todo Poderoso Construtor deste outro universo humano, o pai dos homens, a representação do Microcosmos? Não é esta uma Verdade que foi confirmada pela boca de duas testemunhas? Estai, portanto, vigilantes, preservai o Deus de realeza que habita em vós na imundície, conservai-o puro diante de vosso Senhor, que é a verdadeira Luz, Vida, Amor e Liberdade. Cuidem, portanto, para que nessas preleções nenhuma palavra seja dita a mais: e que vós através de profunda e contínua leitura dos textos iluminai vossas almas. Finalmente, sede verdadeiramente iniciados maçons: agora finalmente sois merecedores de executar o ritual adequadamente e com probidade - sede vós os portadores da Luz, Vida, Liberdade e Amor a todos os homens livres, maiores de idade e de boa reputação, e concedei a eles o acesso a esta Loja.

De Sactissime Trinitate

A mais-que-sagrada Tri-Unicidade, Una e Indivisível, encontra-se oculta:
Por nossos Irmãos egípcios arianos no trigrama AUM
por nossos Irmãos egípcios no trigrama AuMN
por nossos Irmãos árabes no trigrama ALL
(o L se dobra para denotar a natureza dupla do Logos)
por nossos Irmãos gnósticos no trigrama IAO
por nossos Irmãos hebreus no trigrama IHV e AMN
por nossos Irmãos chineses no trigrama TAO e em seu símbolo
por nossos Irmãos rosa-cruzes no trigrama INR e em seu símbolo
por nossos Irmãos da Arca Real na tríplice palavra de seu grau
por nossos Irmãos maçons pela palavra tríplice de seu Grau de Mestre
por nossos Irmãos cristãos no trigrama IHS e por nós mesmos à nossa própria maneira e modo de
muitas formas secretas e sabidamente pelo trigrama O.T.O..


Vós conheceis ainda muitas outras designações d’Ele: todas contudo significam Um: e embora Ele seja Tudo, esteja em Tudo, sobre Tudo e sobre Todos, existe ali um aspecto que todas as descrições enfatizam, qual seja o de que ele é Um com nossa Natureza, tanto em carne como também em espírito.

UM SEGUNDO TRATADO DA TRINDADE

Banhados em puro vinho e consagrados com o fumo dos Bolos de Luz, vinde vós agora com terror sagrado ao santuário; vinde tremendo e alegres, enquanto o véu do Mais Sagrado Mistério é rasgado pela Espada de vosso Altíssimo Grande Mestre. Olhai para a Trindade Mais Sagrada, Una e Indivisível, IAO. Uma é a Trindade Mais Sagrada ; e Três são suas Pessoas ou Máscaras. Um é seu Espírito; Uma é sua Individualidade; sua Permutação, Uma; Ararita! Ela é a Semente que persiste em toda mutação, sendo Ela mesma, imune e onicompreensiva, IAO SABAO. Agora o Pai é Um, ereto, único, eterno. E o Filho é Um, semelhante ao Pai; ainda assim, nesta natureza, é duplo, sendo Deus-Homem. E isto é um Mistério; porque, sendo a Palavra, ele é o Espírito, saindo do Pai e criando os Mundos. E o Espírito é Um, não gerado, mas procedente; a semente da qual o Pai e o Filho somente são muito verdadeiramente veículos e guardiões. E a natureza do Espírito é Liberdade e, como o vento, Ele caminha como Lhe agrada para impregnar os mundos. E como o Filho é duplo, assim o Espírito é duplo; porque Ele é ambos, macho e fêmea. Porque a Pomba é o pássaro de Vênus; ainda assim, nosso antigo irmão Marcus Valerius Martialis, que foi um Grande Orador do Império Romano, antigamente escondeu o Falo Sagrado nesta imagem. Ele é a Mãe. Ele é o Útero. Ele é o Esperma que fertiliza o Óvulo: nada, exceto Ele, é esta coisa fertilizada e auto-vivente que não é nem esperma nem óvulo, mas sua união, a Tintura Perfeita, a Medicina dos Metais, a Pedra Filosofal, a Medicina Universal, o Elixir da Vida. Ele é aquela Pomba que, voltando da Arca de Noé, trouxe um ramo de oliveira. Ele é a Águia de Júpiter, Ele é o Cisne de Brahma. Desta duplicidade de linguagem surgiu infinita confusão na mente vulgar. Porque eles não entendem que o homem é o guardião da Vida de Deus; a mulher, somente um meio temporário; um santuário, na verdade, para o Deus, mas não o Deus. Assim, blasfemam aqueles que adoram a falsa Trindade do Pai - Mãe - Filho: bocas cegas que derramam veneno; que eles pereçam no Dia do Esteja Conosco. Além disto, o Espírito Santo é a Unidade da Trindade; porque o Pai e o Filho são na verdade guardiões da Quintessência, herdeiros da Quintessência, da substância da Quintessência, mas eles não são a Quintessência em si. E esta é do Divino; mas na Terra é o Filho que combina o Pai e o Espírito como se fossem Homem e Mulher, Deus e Homem. Este Mistério não é para ser entendido por aquele que não praticou7 of 11 e não seja perfeito neste Meio de Graça, que é aqui declarado a vós, ó muito caros e muito ilustres e muito Iluminados Irmãos!

DA MEDIAÇÃO

Por ser ele Tudo e por através dele estarem todas as coisas ordenadas, apesar da completa confusão, a diversidade sobrepujou a Unicidade, o Uno. E aqui jaz a razão: nenhum homem sozinho é a representação completa e proporcional de Deus, como também nenhuma mulher sozinha o é. Pensai exatamente acerca destas palavras e percebei o que elas não dizem. Quando nossos irmãos na China fecham um contrato eles costumam rasgá-lo ao meio e cada parceiro recebe uma metade, de tal forma que apenas juntando-se as duas partes a coisa fica inteira. Da mesma maneira dão-se as coisas em relação ao Reino dos Céus. Esta é portanto a introdução. Até que não contenhais a outra metade na parte posterior de sua cabeça, não o compreenderás. Esta é portanto a Obra do Criador, que dividiu, para poder reunir novamente. Foi a Grande Obra perpetrada em Nosso Senhor Jesus Cristo. Segue-se aqui o Liber 333 [Crowley], Capitulo 36.

A SAFIRA ESTRELA

Que o Adepto esteja armado com sua Vara Mágica (e munido com sua Rosa Mística). No centro, que ele faça os sinais L.V.X.; ou se ele os conhece, se ele quiser e se atrever a fazê-los, e puder manter silêncio sobre eles, os sinais de N.O.X., sendo os sinais de Puer, Vir, Puella, Mulier. Omitir o sinal de I.R. Então que ele avance para o Leste e faça o Hexagrama Sagrado e diga: Pater et Mater Unos Deus Ararita. Que ele circunde até o Sul, faça o Hexagrama Sagrado e diga: Mater et Filius Unos Deus Ararita. Que ele circunde até o Oeste, faça o Hexagrama Sagrado e diga: Filius et Filia Unos Deus Ararita. Que ele circunde até o Norte, faça o Hexagrama Sagrado e então diga: Filia et Pater Unos Deus Ararita. Que ele, então, retorne para o Centro, e assim para O Centro de Tudo (fazendo a Rosa Cruz como ele deve saber) e dizendo: Ararita Ararita Ararita. (Aí os sinais devem ser aqueles de Set Triunfante e de Baphomet. Também Set aparecerá no Círculo. Que ele beba do Sacramento e que comungue o mesmo. Então que ele diga: Omnia in Duos Duo in Unum: Unus in Nihil: Haec Nec Quatuor Nec Omnia Nec Duo Nec Unos Nec Nihil Sunt. Gloria Patri et Matri et Filio et Filiae et Spiritui Sancto Externo et Spiritui Sancto Interno Ut Erat Est Erit in Saecula Saeculor Un Sex in uno Per Nomen Septem In Uno Ararita. Que ele, então, repita os sinais de L.V.X. mas não os sinais de N.O.X.; porque não é ele que deverá erguer-se no Sinal de Ísis Regozijante.

DO GRANDE SÍMBOLO DE DEUS

Te proteja, caríssimo Irmão, que não te confundas e te atoles no raciocínio sobre a Unidade: pois o Primeiro Princípio aparece em sua forma contrária. Pois é Ele teu Pai e tua Mãe, apesar de que o modo pelo qual o apreendes possa se ter alterado. Agora macho e fêmea estão opostos, embora n’Ele não exista nenhuma antinomia. Estuda pois o símbolo inteiro e, ainda que o gires e o revires, ele não se altera. Vai de abismo em abismo! O encontrarás sempre como Nada e sempre como Muitos e sempre como Um e sempre como Tudo. Como já o dissemos, o símbolo inteiro é tríplice. Freqüentemente, porém, homens sábios e santos o representaram com Dois-em-Um, o terceiro tornado invisível. Exemplos são: o ponto no círculo, Lingam e Yoni, a Rosa e a Cruz, o círculo subdividido dos chineses, a cruz no círculo ou o diamante [cruz no quadrado], a torre e a nave da igreja, a cruz tríplice e eneavada em diamantes invisíveis, diante dos quais os membros de nosso Superior Conselho antepõem suas assinaturas, entre outros. E cada um desses símbolos testemunha a Grande Obra: o êxtase de reunificar-se com o Todo. Pensa portanto em:

1. DEUS e Humanidade como Humanidade-Deus.
2. Sujeito e Objeto em Samadhi.
3. Macho e Fêmea como Humanidade.
4. Círculo e Quadrado em k (pi) ou: como queiras: TUDO É UM.

DA SUBSTÂNCIA

Deus, em Espírito e Verdade, é Um; e Um também é Deus na Matéria e na Ilusão. Ó Irmãos! Ó Iluminados e Ilustres Senhores Cavaleiros, agarrai isto firmemente, como o cabo da espada na hora do perigo! Una é a essência de Deus ; e Una é a Essência do Homem. Já que Deus é somente Um, porque Ele é Três em Um; assim o homem é somente Um quando ele é Dois em Um. Como a Essência de Deus reside Nele mesmo, assim também acontece com a Essência do homem. Ainda assim, não sendo o homem ele mesmo totalmente, mas parte de si mesmo, esta essência não está totalmente nele. Ela é encontrada em perfeição somente fora dele mesmo, e ele somente pode atingi-la por virtude do Sacramento da Eucaristia.

DO SACRIFÍCIO DA EUCARISTIA
(Ler primeiro a Versão Autorizada de João IV. 13-16 e 31-32: VI.27 e 48-58; VIII. 38
e São Paulo I. Cor.: X. 1-4, 16-17 e 23-30: XII.3)

O Sacramento é administrado sob duas formas: Pão e Vinho. O Pão é sólido, branco, o fruto da terra, o sustentáculo do homem, o Corpo de Cristo, a Tintura branca. O vinho é líquido, vermelho, o fruto da vinha, o conforto do homem, o Sangue de Cristo, a Tintura vermelha. Este sacramento dividido é mortal: a Grande Obra não é realizada ali. A vida reside não na carne ou no sangue: e embora ele possa ser o corpo e sangue de Deus, ele não é Deus; pois Deus sacrificado não é Deus ressuscitado. Assim, muito Ilustres Senhores Cavaleiros e meus Perfeitamente Iluminados Irmãos, eu vos ordeno seriamente que entendais que este sacramento de morte vale pouco. Deveis partilhar da vida de nosso Senhor Jesus Cristo em Sua Ressurreição; e a Substância do Sacramento será o Elixir da Vida em si. Ele será Um e não Dois: nem macho nem fêmea, nem sólido nem líquido. Ele conterá todas as possibilidades e sem ele nenhuma possibilidade haveria. Ele é o Fogo de Prometeu na bem zelada Lâmpada de Vesta; ele é a Patela dos Sacerdotes de Mêmphis, o disco do Sol nos braços de Khephra: e a Serpente entrelaçada sobre o Ovo. Perguntai a nossos Irmãos, os Alquimistas, e aos Adeptos da Rosa Cruz. Os primeiros respondem: Ele somente é o Leão com seu sangue coagulado e o glúten da Águia Branca; ele é o Oceano onde o Sol e a Lua se banharam. Os outros: é o Orvalho sobre a Rosa que escondeu a Cruz. Perguntai aos Antigos: eles responderão que o mais velho dos Deuses é Saturno. Cuidado, pois também podeis ser enganados! Abençoado seja Ele que revelou a nós o Arcanum Arcanorum! Esta é a Pedra Dissolvida; este é o Elixir da Vida, esta é a Medicina Universal, esta é a Tintura, este é o Ouro Potável. Toma um Atanor e uma Cucúrbita e prepara um frasco para este Vinho do Espírito Santo. Necessitais também de uma flama para a destilação. No Atanor está teu Leão, na Cucúrbita tua Águia. Usa primeiro um calor brando, aumentando finalmente para chama total até que o Leão desapareça. Derrama imediatamente tua distilação no frasco preparado para isto.

DO ELIXIR

Tudo estando agora claro a vós, muito Ilustres Senhores Cavaleiros e meus Iluminados Irmãos, não vos apressais ao Sacramento. Porque este festival é sagrado; estas Bodas são da Alma com Nosso Senhor Jesus Cristo; e vós deveis estar adornados, como está escrito, a Filha do Rei está toda gloriosa por dentro: seu vestuário é de ouro lavrado. Primeiro, então, observa como tu havias jurado a regra de Castidade: porque tu deves ser virgem para Vosso Senhor. Segundo, guarda jejum, adorando DEUS TRIUNO por sete horas antes da festa. Terceiro, está vestido com aquela Vestimenta Única de muitas cores que foi entregue a ti em tua iniciação. Agora, então, entrando na capela particular, passa ao menos uma hora em adoração no altar, exaltando-te em amor para com Deus e louvando-O em estrofe e antístrofe. Então executai o Sacrifício da Missa. O Elixir sendo, então, preparado solenemente e em silêncio, consumi-o inteiramente. E em tudo isto deves dirigir tua vontade toda, sem titubear, para o propósito particular da Operação. De outro modo, tem fé em Deus; que Ele possa dar-te sua virtude de acordo com tuas necessidades. Este é o modo mais nobre e, ainda assim, o mais perigoso; pois através dele arriscas profanação; comer e beber a danação para ti mesmo. Lembrai-te também disto, que para obter o máximo deste trabalho necessitas experiência e prática bem orientada. Mesmo se tu plantas sementes em ignorância das estações e climas e dos solos, algumas podem germinar, quando o mais sábio agricultor as colhe todas em perfeita colheita; assim reflete que a Eucaristia é de tal natureza que algum resultado irá seguir, porque a Graça de Deus não pode ser totalmente desprovida e falha de seu efeito; ainda assim, ela será melhor a cada dia se segues este caminho. E se trabalhas com diligência e energia, podes atingir a Mais Alta Perfeição e realizar com sucesso a Grande Obra antes que a Terra tenha percorrido sua órbita duas vezes. Que assim seja.

DO ENCANTAMENTO RÍTMICO

Este elixir é o germe da vida. Assim, embora a mais poderosa e mais radiante coisa que existe em todo o Universo, sendo como foi o verdadeiro Eidolon de seu Pai, o Sol, ela é também a mais delicada e sensível de todas as coisas. Durante a preparação, como na consumação, guarda-o com espadas flamejantes dispostas de todo o modo para guardar seu portão; e alimenta-o, e envolve aí a Luz do Mais Alto e o Poder das Forças de tua Operação. E isto podes fazer inteligentemente. Primeiro, que teu trabalho inteiro seja dentro do Círculo Mágico. Em seguida, que os poderes do encantamento (como pode ser apropriado) se pronunciem por palavras mágicas e invocações. Finalmente, no início do trabalho mesmo, e daí através dele, que haja Um Encantamento rítmico com o progresso do trabalho.

Para um Trabalho Venéreo:

Tu Venus orta mari venias tu filia Patris,
Exaudi penis carmina blanda, precor,
Ne sit culpa nates nobis furuisse viriles,
Sed caleat cunnus semper amore meo.

Assim para tudo, em palavras tais que teu gênio poético possa com elas vos assombrar.

DA LEI

Amor é a lei, amor sob vontade.
Não é Agape da mesma ordem que Thelema?
A Palavra do Pecado é restrição.
Faze o que tu queres há de ser toda a Lei.
Está também escrito: Tomai vossa fartura e vontade de amor como quiserdes, quando, onde e com quem quiserdes! Mas sempre para mim... Mas êxtase seja teu e a alegria da terra: Sempre para mim! para mim!
Eu vos encarrego, muito Augustos, Excelentes, Poderosos e Perfeitos Soberanos
Príncipes da Rosa Cruz, Senhores Cavaleiros Companheiros do Santo Graal, mesmo por vossa sublime castidade e voto de masculinidade sem mancha, de que entendais estas palavras!
Vede! Tenho declarado a lei; a vós eu a revelei. Manifestei os sinais a vós; convosco troquei as palavras.
Conquistadores do pecado e da tristeza, compartilhadores da Taça da Benção,
iniciados do Rito Supremo, guardiões do Inefável Santuário, cidadãos da Cidade da
Verdade, Santos do Eterno Tabernáculo! Eu descobri a vós a Eucaristia da Ressureição.
Mostrei-vos o Caminho.
Falei-vos a Verdade.
Dotei-vos com a Vida.
Filhos do Céu e Filhas da Terra, filhos de Deus e herdeiros da imortalidade, a Festa está pronta nas Mansões de meu Pai.
Irmãos da Luz, da Vida, do Amor e da Liberdade, Ilustres Senhores Cavaleiros da Ordem de Kadosch, com os punhos de vossas espadas sobre o Portão deste Santuário, o mais interno, o improfanado, o santuário que guardamos para vós através de todas as catástrofes do império dos dias de Enoch até agora - batei e será aberto a vós, e entrareis e provareis do MANNA que desce do Céu!

DESPEDIDA

E agora, muito Ilustres Senhores Cavaleiros e Altamente Iluminados Irmãos, saudação e adeus! Eu vos saúdo secretamente como é certo: eu troco o sinal: murmuro a Palavra mesmo como a recebi, e não de outro modo. Beijo três vezes o punho da Espada. Invoco sobre vós as bênçãos do DEUS TRIUNO em Seu Mais Sagrado e Misterioso Nome de Onipotência, Onisciência e Onipresença; em nome do Pai + e do Filho + e do Espírito Santo + eu vos deixo. O favor do Verdadeiro e o Altíssimo Deus Vivente esteja convosco! A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco! A permanência do Espírito Santo esteja dentro de vós! Agora e para sempre assim seja, Amém!

DE TEMPLO

1. Oriente. Cubiculum.
2. Occidente. Tabula dei invocandi.
3. Septentrione. Sacerdos.
4. Meridione. Ignis cum thuribulo k.t.l.
5. Centro. Lapis quaeratus cum imagine Dei Maxima Ingentis Terribilis Omnipotentis
Sanctissimi et cum ferro, tintinnabulo, oleo, virgo. Stet Imago juxta librum Thelema.

DE CERIMONIO PRINCIPII

Fiat ut in Liber DCLXXI dicitur, sed antea virgo lavabitur cum verbis
Aspergos me k.t.l. et habilimenta ponat cum verbis
Per sanctum Mysterium k.t.l.
Ita Pyramis fiat. Tune virgo lavabit sacerdotem et vestimenta ponat ut supra
ordinatur.
(Hic dicat virgo orationes dei operationis)

DE CERIMONIO THURIBULI

Manibus accendat et ignem et sacerdotem virgo, dicens:
Accendat in nobis Dominus ignem sui amoris et flammam aeternae cariatis.

DE CERIMONIO DEDICATIONIS

Invocet virgo Imaginem Dei M.I.T.O.S. his verbis:
Tu qui es praeter omnia k.t.l.
Nec relinquet alteram Imaginem.

DE SACRIFICIO SUMMO

Deinde silentium frangat sacerdos cum verbis versiculi sancti 
dei particulariter invocandi.
Incat Sanctum Sanctorum.
Caveat; caveat; caveat.
Duo qui fiunt Unus sine intermissione verba versiculi sancti alta voce cantent.

DE BENEDICTIONE BENEDICTI

Missa rore, dicat mulier hace verba: Quia patris et filii s.s.k.t.

DE CERIMONIO FINIS


Fiat ut in Liber DCLXXI dicitur Amem.

 

 

Amor é a lei, amor sob vontade.